quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Caucaia: Homem está preso há quatro anos, mas deveria cumprir só oito meses

Nome tão comum que, dentre tantos Franciscos, o então identificado apenas por F.A.S, se fez imperceptível entre os outros presos da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) de Caucaia.
Até ontem (22), ele estava esquecido atrás das grades desde 2009. Acusado por dois furtos, foi absolvido por um na 3ª Vara Criminal e condenado na comarca daquele município que lhe custaria apenas oito meses de detenção.
O caso deste Francisco foi detectado pela defensora pública Gina Kelly, em meio a 800 presos que devem ser atendidos por uma equipe do Núcleo de Assistência aos Presos Provisórios e às Vítimas de Violência (Nuapp), até amanhã (24).
O objetivo é prestar assistência jurídica aos detentos dos presídios da Região Metropolitana de Fortaleza. “A maior parte da família dos presos nem acompanham o caso deles, muitas vezes porque não possui esclarecimento para levar a situação deles à Justiça. Alguns nem parentes possuem”, afirmou Gina Kelly.

 http://www.cearanews7.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário